bemestarmed.com.br câncer | Bem Estar Medicina e Saúde

Todas as publicações com câncer

Líquen Escleroso, alteração não maligna de pele que também afeta a vulva, quando desconfiar?

Líquen Escleroso, alteração não maligna de pele que também afeta a vulva, quando desconfiar?

O líquen escleroso interessa tanto dermatologistas quanto ginecologistas, caracteriza-se por apresentar lesões discrômicas (descoradas) e com intenso prurido (coceira), muitas vezes não responsivo aos tratamentos instituídos. Acomete desde crianças ao redor de 6 meses de vida até mulheres na peri e pós-menopausa.

Veja mais

Câncer de colo uterino é a segunda causa de morte por câncer em mulheres no mundo

Câncer de colo uterino é a segunda causa de morte por câncer em mulheres no mundo

O câncer do colo uterino é a segunda causa de morte por câncer em mulheres no mundo. É provocado pela infecção do vírus HPV (vírus do papiloma humano) e pode ser prevenido. A prevenção se faz pela coleta do exame Papanicolaou ou Preventivo anualmente.

Veja mais

Câncer de próstata no homem e mama na mulher são os mais frequentes excluindo os cânceres de pele não melanoma

Câncer de próstata no homem e mama na mulher são os mais frequentes excluindo os cânceres de pele não melanoma

Foram estimados para 2012 60.180 casos novos de câncer de próstata no Brasil e 52.680 casos novos de câncer de mama. http://www.inca.gov.br/estimativa/2012/tabelaestados.asp?UF=BR.
Em Mato Grosso e Cuiabá foram estimados para 2012 1.130 casos novos de câncer de próstata , 530 de mama e 510 de colo uterino. http://www.inca.gov.br/estimativa/2012/tabelaestados.asp?UF=MT

Veja mais

Melasma não tem cura mas o Laser de CO2 e cremes clareadores podem clarear em até 100% as manchas

Melasma não tem cura mas o Laser de CO2 e cremes clareadores podem clarear em até 100% as manchas

MELASMA são áreas hiperpigmentadas em regiões expostas ao sol, principalmente na face. As manchas geralmente são simétricas com tonalidade variando de marrom claro ao mais escuro ou acinzentado; estão relacionadas às predisposição genética, alterações hormonais tais como gravidez e uso de anticoncepcionais e exposição excessiva ao sol.

Veja mais

OncoVue ®: teste que avalia o risco de câncer de mama

OncoVue ®: teste que avalia o risco de câncer de mama

Em reunião multidisciplinar  organizada pelo Setor de Mastologia da Disciplina de Ginecologia da Faculdade de Medicina da USP, com o objetivo de analisar o OncoVue ®, teste genético que promete calcular o risco de câncer de mama em mulheres entre 30 e 69 anos, os especialistas concluíram que:

Veja mais

Ômega 3 também está associado a prevenção do câncer de mama

Ômega 3 também está associado a prevenção do câncer de mama

A ingestão de ácidos graxos n-3 de origem marinha está associada a uma redução de 14% no risco de câncer de mama. A relação entre dose e efeito sugere que ocorre uma redução de 5% no risco de câncer a cada 0,1 g de ingestão diária.
As conclusões são de uma metanálise que envolveu 26 estudos com um total de 900 mil participantes.

Veja mais