bemestarmed.com.br hepatite b | Bem Estar Medicina e Saúde

Todas as publicações com hepatite b

Quais vacinas são indicadas para crianças de 0 a 10 anos?

Quais vacinas são indicadas para crianças de 0 a 10 anos?

Estima-se que isoladamente , as vacinas são as responsáveis nos últimos 2 séculos por um aumento de cerca de 30 anos  em nossa expectativa de vida.

O sarampo, segundo estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), no ano 2000 teria causado cerca de 30 a 40 milhões de casos no mundo, com 770 mil óbitos. Entre nós, foi sempre a segunda causa de morte por doença infecciosa, perdendo somente para a diarreia. Hoje, graças a vacinação, a maioria dos estudantes de medicina e dos médicos jovens nunca viu um caso de sarampo.

Veja mais

Que vacinas são indicadas para Prematuros?

Que vacinas são indicadas para Prematuros?

O parto prematuro é definido como aquele que ocorre entre a 20ª e a 37ª semanas de gravidez.  A mortalidade (risco de morte) e a morbidade (risco de ficar doente) são maiores entre os bebês prematuros. A imaturidade geral pode levar à disfunção em qualquer órgão ou sistema corporal, e o bebê prematuro também pode sofrer comprometimento no seu desenvolvimento a longo prazo.

Veja mais

Quais são as vacinas até os 6 meses de vida do bebê?

Quais são as vacinas até os 6 meses de vida do bebê?

A vacinação infantil começa logo ao nascer com a hepatite B (realizada já na maternidade) e BCG (realizada em postos de saúde autorizados).

Dos 2 aos 6 meses de idade o bebê deve ser protegido contra Hepatite B, Difteria, Tétano, Coqueluche, Poliomielite, Haemophilus tipo B (meningite), Rotavírus (diarréia aguda grave), Pneumocócica (pneumonia) e Meningocócica (meningite).

Veja mais

Hepatite B pode causar cirosse e câncer de fígado, podendo ser prevenida por vacina

Hepatite B pode causar cirosse e câncer de fígado,  podendo ser prevenida por vacina

A hepatite B é uma doença viral que pode apresentar sintomas ou não.
As crianças com idade inferior a 10 anos desenvolvem, geralmente, infecções sem sintomas.
Os sintomas na fase aguda da doença, quando presentes, são: anorexia (falta de apetite), náuseas (enjoos), dor abdominal, vômitos e icterícia (amarelão), que em geral é o que determina a procura pelo atendimento médico.
Algumas pessoas desenvolvem a forma crônica da doença, apresentando um processo inflamatório hepático que dura mais de seis meses. Isto acontece em 5% a 10 % dos adultos infectados e 90% a 95% dos recém-nascidos filhos de mãe portadora do vírus da hepatite B.

Veja mais