bemestarmed.com.br Que vacinas são indicadas para Prematuros? | Bem Estar Medicina e Saúde

Nosso Blog

Acompanhe as notícias sobre medicina e dicas de saúde para viver em bem estar.

Que vacinas são indicadas para Prematuros?

Que vacinas são indicadas para Prematuros?

O parto prematuro é definido como aquele que ocorre entre a 20ª e a 37ª semanas de gravidez.  A mortalidade (risco de morte) e a morbidade (risco de ficar doente) são maiores entre os bebês prematuros. A imaturidade geral pode levar à disfunção em qualquer órgão ou sistema corporal, e o bebê prematuro também pode sofrer comprometimento no seu desenvolvimento a longo prazo.

Sendo o bebê prematuro mais susceptível a doenças, os contactantes, ou seja, as pessoas que entram em contato com ele devem estar vacinas ou receber as vacinas o mais rápido possível para não serem fontes de contaminação para o bebê; então quem convive com o bebê prematuro deve receber as vacinas: coqueluche (presente na DTPa), influenza (gripe), varicela,  sarampo, caxumba e rubéola (tríplice viral  – sarampo,caxumba e rubéola).

As vacinas indicadas para o bebê prematuro são:

    1. BCG – protege contra tuberculose: realizada em dose única o mais precoce possível, mas o bebê precisa ter mais de 2 kg para receber a vacina.
    2. Anticorpo monoclonal específico contra o Vírus Sincicial Respiratório (VSR) -Palivizumabe: estão indicadas doses mensais consecutivas de 15 mg/kg de peso, via intramuscular, até no máximo 5 aplicações nos seguintes grupos:
          a) Prematuros até 28 semanas gestacionais, no primeiro ano de vida
          b) Prematuros até 32 semanas gestacionais, nos primeiros 6 meses de vida
          c) Bebês com Doença Pulmonar Crônica da Prematuridade e/ou Cardiopatia congênita, até o segundo ano de vida, desde que esteja em tratamento dessas patologias nos últimos 6 meses
          d) Utilizado inclusive em Prematuros hospitalizados

O Palivizumabe deve ser aplicado nos meses de maior circulação dos vírus, nas regiões Centro-Oeste e Sudeste é de fevereiro a julho; o intervalo entre as doses deve ser de 28 a 32 dias.

O Ministério da Saúde disponibiliza gratuitamente para prematuros até 28 semanas de gestação no primeiro ano de vida e para bebês com doença pulmonar crônica e cardiopatia congênita até o segundo ano de vida.

Na rede pública é necessário informar-se na Secretaria de Saúde e CRIE. Em nossa clínica é adquirido sob encomenda.

3. Hepatite B: Obrigatoriamente 4 doses no esquema 0 (ao nascimento) – 2 – 4 – 6 meses ou 0 – 1 – 2 – 6 meses), mesmo em bebês com peso abaixo de 2 kg ou idade gestacional abaixo de 33 semanas, sendo que a primeira dose deve ser nas primeiras 12 horas de vida.  O uso de vacina combinada (DTPa + HB+VIP+Hib – Hexavalente) pode ser utilizada, inclusive nos bebês hospitalizados. Se a mão é HBSAg + o bebê deve receber além da vacina contra Hepatite B a Imunoglobulina (anticorpos prontos) específica contra hepatite B.

4. Rotavírus: deve ser aplicada seguindo o calendário normal da criança começando a primiera dose aos 2 meses, como é uma vacina atenuada oral (possui vírus vivos), não deve ser aplicada em ambiente hospitalar.

5. Tríplice bacteriana (difteria, tétano e coqueluche): deve ser aplicada seguindo o calendário normal da criança começando a primeira dose aos 2 meses. A utilização de vacinas acelulares (disponível nas clínicas privadas) reduz o risco de eventos adversos.

6. Haemophilus influenzae B: deve ser aplicada seguindo o calendário normal da criança começando a primeira dose aos 2 meses, o uso das vacinas combinadas Hexavalente (DTPa+HB+VIP+Hib) ou Pentavalente (DTPa+VIP+Hib), disponíveis na rede privada, são preferenciais pois permitem a aplicação simultânea e se mostram eficazes e seguras para o prematuro. O reforço da vacina deve ser aplicado com  15 meses de vida (1 ano e 3 meses).

7. Poliomielite inativada (VIP): deve ser aplicada seguindo o calendário normal da criança começando a primeira dose aos 2 meses.  Preferir as vacinas combinadas Hexavalente ou Pentavalente disponíveis nas clínicas privadas.

8. Pneumocócica conjugada: deve ser aplicada seguindo o calendário normal da criança começando a primeira doses aos 2 meses. Prematuros e bebês com baixo peso ao nascer tem maior risco para doença pneumocócica invasiva, assim, a vacinação não deve ser esquecida. Na rede pública está disponível a vacina pneumocócica contra 10 subtipos e na rede privada contra 13 subtipos do pneumococo (bactéria que pode causar meningite, pneumonia, otite e sinusite).

9. Meningocócicas: deve ser aplicada seguindo o calendário normal da criança começando a primeira dose aos 3 meses, sempre que possível preferir a vacina conjugada ACWY (disponível na rede privada – Menveo) associada a meningocócica B (disponível na rede privada). É recomendado aplicar a meningocócica B separada da pneumocócica e DTPa.

10. Influenza: deve ser aplicada seguindo o calendário normal da criança iniciando a primeira dose aos 6 meses, a vacina quadrivalente (disponível na rede privada) é preferível a vacina trivalente (disponível na rede pública e privada) por conferir maior cobertura de cepas circulantes.

O uso simultâneo de múltiplas injeções em bebês prematuros pode associar-se à apneia, devendo-se dar preferência à administração de menor número de injeções (vacinas combinadas) em cada imunização.

Conheça nossa sala de vacinas, nossa estrutura disponibiliza câmara de vacinas com sistema de segurança  que garante a refrigeração correta das vacinas, nossa enfermeira é treinada para eventos adversos graves seguindo rigoroso protocolo de atendimento a urgências além da presença frequente da médica responsável pela sala de vacina, dando suporte para eventual necessidade de atendimento de urgência.

Lembre-se, vacina é um medicamento e deve ser prescrito pelo médico.

Seguimos o calendário vacinal da Sociedade Brasileira de Imunizações que tem como objetivo a promoção da saúde individual, por isso difere em alguns aspectos do calendário de vacinas da rede pública, que tem como objetivo promoção da saúde coletiva.

Calendário SBIm para prematuros

Dra. Franciele Norma Minotto
Ginecologia, Obstetrícia e Sexologia
Diretora écnida da Bem Estar Medicina e Saúde
CRM/MT 5962

Bem-Estar-Logotipo-em-PNG_Assinatura

Deixe uma resposta